BARRISTER BOOKCASE. UM CASO CLÁSSICODE DESIGN EXPLÍCITO.

BARRISTER BOOKCASE. UM CASO CLÁSSICODE DESIGN EXPLÍCITO.

Usados especialmente por advogados para guardar livros, processos e papeis, os armários Barrister Bookcase (ou Bookshelf) são um caso clássico de design funcional e esteticamente incontestável.

Quase sempre com prateleiras horizontais, esse tipo de mobiliário foi usado por décadas em escritórios de advocacia, bancos, bibliotecas e livrarias. O fato de ter portas de vidro, que podem ser fechadas para proteger os livros da poluição, e, ao mesmo tempo, possibilitar a visualização das lombadas, fizeram a barrister bookcase alcançar um imenso sucesso entre os anos 20, 30 e 40. Justíssimo, diga-se de passagem! Porém, basta um olhar mais atento para percebemos que por trás da óbvia funcionalidade esse tipo de estante esconde uma beleza deveras peculiar.

A coisa mais legal das barrister bookcases (além das portas de vidro que revelam seu interior) é que elas dão um toque de nostalgia a qualquer ambiente e combinam com todos os estilos de decoração.

Feitas em madeira ou metal, suas prateleiras permitem que os livros mais volumosos sejam mantidos em pilhas horizontais e os livros mais altos em sentido vertical. Mas, não há norma rígida para usar essa brilhante invenção. Defensores da bagunça organizada vão alegar que também é possível usá-las para guardar objetos de decoração, miniaturas, vasos, louças, material de trabalho, pintura e tudo mais que sua imaginação quiser e o espaço permitir.

 

Revisitada em uma versão atual e supercolorida, a metal barrister bookcase deu origem ao armário Barrister, da Desmobilia. Bem mais acessível do que os exemplares originais (raríssimos hoje em dia), esses armários cheios de bossa vieram atender ao desejo de quem consegue perceber o valor do seu desenho simples, elegante e inteligente. Um legítimo must have para os apaixonados pelo Design Vintage e caso encerrado!

Deixe um comentário

Close Menu