OBRAS DE JAY NELSON NÃO SÃO MESMO DE SE JOGAR FORA.

OBRAS DE JAY NELSON NÃO SÃO MESMO DE SE JOGAR FORA.

 

Jay Nelson é um surfista, artista e designer famoso por seus trabalhos criativos, que vão de anexos em forma de submarino a veículos “surf-concept” com barracas acopladas. Seu tema principal é o consumo consciente.

Morando em San Francisco, na Califórnia, em um incrível duplex que reconstruiu inteiramente dentro da sua ótica de moradia, Jay trouxe para o edifício pequenos detalhes que são sua marca registrada, como as janelas de vigia – um convite ao olhar para o externo.

Foto: FvF

Um dos seus mais conhecidos projetos foi um shell construído para uma ação da marca de roupas Patagonia. A incrível escultura-móvel-funcional foi feita com pau-brasil reaproveitado de barris de vinho gigantes, em cima de um Dodge Cummins 91. Confere só que alucinante:

O veículo que rodou os EUA oferecia serviços de reparos de roupa a qualquer pessoa que necessitasse desse tipo de assistência, mesmo que a marca da peça não fosse Patagonia. Movido a biodiesel, durante a condução, e a energia solar, quando as máquinas de costura estavam girando, o vagão tinha como objetivo valorizar o ato de não descartar facilmente o que vestimos, usamos, consumimos. E de manter a roupa (de qualquer marca) em circulação por tanto tempo quanto possível, deixando como residual a percepção de que a marca Patagonia quer que, quando for mesmo a hora de substituir a roupa, as pessoas invistam em algo que dura. Sensacional, não é mesmo?

Foto: Divulgação

Essa reflexão sobre vida útil e manutenção de materiais e objetos desgastados é algo permanente no trabalho de Jay Nelson. Uma forma de Nelson nos libertar do consumismo exacerbado combinando Design impecável e atitude sustentável.

Para criar suas obras, Jay Nelson busca suprimentos reutilizáveis e inspira-se num estilo de vida com muito contato com a natureza. Nelson defende que nada é mais importante e impactante do que atitudes simples, como manter nossas roupas em uso pelo maior tempo possível. Na verdade, mantendo nossa roupa em uso apenas nove meses extras, podemos reduzir de carbono, resíduos e poluição das águas 20 a 30% a menos do que se a substituímos as roupas rapidamente (de acordo com o WRAP grupo sediado no Reino Unido), simplesmente porque nós estamos fazendo e jogando fora menos.

Foto: FvF

Entre seus outros projetos, o surfista também vem trabalhando em várias instalações de arte junto ao Facebook, incluindo um “observatório” na parte superior do telhado do edifício Frank Gehry da empresa. Segundo Jay, o projeto “é apenas sobre a paz”.

Vale a pena conhecer o fabuloso trabalho de Jay Nelson no site: Jay Nelson Art. Colírio para nossos olhos reinventivos, é certamente uma referência primorosa para o nosso Desmolikes.

Redação: Desmoblog
Fotos: Jay Nelson (divulgação) e FvF.

Deixe um comentário

Close Menu